Esgfaqueada no pescoço não resiste

 
AKR

Atingida no pescoço, Fernanda Luiza da Silva não resistiu aos ferimentos e morreu em seu quarto
TIMÓTEO – Na manhã dessa sexta-feira (4), por volta de 6h45, duas irmãs foram esfaqueadas dentro de casa enquanto dormiam. Uma delas, Fernanda Luiza da Silva, 19, acabou atingida no pescoço, não resistiu aos ferimentos e morreu. Já a outra vítima, uma adolescente de 14 anos, foi ferida no ombro direito e encaminhada ao Hospital e Maternidade Vital Brazil (HMVB). Ela não corre risco de morrer. O crime, ocorrido na Rua Maritaca, bairro Macuco, em Timóteo, teria sido cometido por Sérgio da Silva Teodoro, 27, o Negão, que continuava foragido até o fechamento desta edição. Informações repassadas à Polícia dão conta de que o acusado foi contratado pelo ex-namorado de Fernanda, Ivan Moreno Monteiro, conhecido como Vander, 32, que teria ameaçado de morte a vítima fatal dias antes de seu assassinato.

Por meio de denúncia anônima via nº 190, a PM recebeu a informação de que, na noite anterior (3), o suposto mandante compareceu ao Macuco em uma motocicleta Honda Titan, cor vermelha, à procura do amigo Negão, com o objetivo de acertar os detalhes para o assassinato de sua ex-namorada, que era jogadora de futebol feminino na cidade.

AKR

A arma do crime
Possivelmente inconformado com o fim do relacionamento, Vander ainda teria discutido com Fernanda cinco dias antes do crime. Em seguida, ele publicamente a ameaçou de morte.

De acordo com testemunhas, Negão se aproveitou da ausência da mãe das vítimas, que havia saído para o trabalho na manhã dessa sexta. Logo depois, ele entrou na residência por meio da porta da cozinha e dirigiu-se até o quarto da ex-namorada do amigo, onde a surpreendeu com o golpe no pescoço. Fernanda então gritou e acordou as outras duas irmãs que dormiam na casa.

AKR

Fernanda já teria sido ameaçada de morte dias antes do crime
Com a chegada de ambas, que imediatamente clamaram por socorro, Negão se dirigiu à adolescente e a atingiu no ombro. Em seguida, o suspeito deixou a faca tipo peixeira na cena do crime e fugiu correndo. A perita Cristina Penha realizou os trabalhos de praxe.

Encontrado minutos depois do assassinato de Fernanda, Vander, que foi encaminhado à Delegacia de Polícia, em Timóteo, negou ter tido participação na morte da ex-namorada. Questionado pelos policiais, ele relatou apenas que se desentendeu com a mãe das vítimas alguns dias atrás, por conta de um assunto relacionado a dívidas. Vander também negou que tenha ameaçado matar Fernanda, com quem teve um relacionamento conturbado.


http://www.jornalvaledoaco.com.br/novo_site/ler_noticia.php?id=102236

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!