Quarta noite de ataques em SC tem incêndios e disparos

Criminosos atiraram coquetel molotov contra casa de policiais civis.


Quatro homens armados atearam fogo em ônibus em Criciúma no sábado (2) (Foto: Fernando José da Silva/RBS TV) Três ônibus e duas carretas foram incendiados, um coquetel molotov foi atirado contra a casa de um casal de policiais civis, uma base da Polícia Militar (PM) foi alvo de disparos, uma sala foi incendiada e um ônibus teve os vidros quebrados na quarta noite de ataques em Santa Catarina. Até as 3h, não havia vítimas e ninguém havia sido preso.
Desde a noite de quarta-feira (30), Santa Catarina registra ataques a ônibus, bases da Polícia Militar e Polícia Civil e veículos particulares, em pelo menos oito cidades. O secretário de Segurança do estado, César Grubba, acredita que os atentados partiram de ordens da mesma facção criminosa que promoveu os ataques em novembro de 2012. O motivo estaria relacionado à transferência de presos e o combate ao tráfico de drogas. O Serviço de Inteligência já havia feito um alerta à Secretaria de Segurança Pública sobre a possibilidade de novos ataques.
Às 18h do sábado (2), um veículo do transporte coletivo de Criciúma, no Sul do estado, foi incendiado por quatro homens armados. Eles renderam motorista e cobrador, mandaram os cerca de 20 passageiros descerem e atearam fogo no ônibus. Segundo testemunhas, as chamas destruíram completamente o veículo em poucos minutos. Conforme o comandante da Polícia MIlitar de Criciúma, coronel Márcio Cabral, o ataque tem ligação com o da noite anterior e já foram identificados dois suspeitos. Todos possuem menos de 20 anos de idade.
Duas carretas com combustíveis foram incendiadas por volta das 21h20 deste sábado (2) em Maracajá, no Sul do estado. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar, o fato ocorreu no quilômetro 404 da BR-101, em um posto no acesso ao município.
Em outra ação, criminosos lançaram um coquetel molotov contra a casa de um casal de policiais civis em Criciúma, também Sul de SC. Segundo informações das Polícias Civil e Militar, o crime ocorreu próximo das 22h no bairro Pinheirinho. Os dois policiais não estavam em casa no momento do crime. Guarnições da PM chegaram ao local e conseguiram controlar as chamas com extintores de incêndio.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!