Assassino de policial roubou quatro postos de combustíveis em um mês

suspeito
O suspeito de matar um militar em um assalto a posto de combustíveis foi apresentado nesta segunda-feira (11) pela polícia. Álisson Jésus de Jesus, 22 anos, matou com três tiros nas costas e na cabeça o cabo Edinaldo Muniz Barbosa, da 188ª Cia, na última quarta (6). Dois dias depois, foi preso com a companheira, Helena de Paula, ao ser reconhecido por causa do carro roubado que usava durante o assalto. 

Segundo o comandante do 33º Batalhão, Alessandro Petrônzio, o atirador foi identificado por imagens do circuito interno. 

— O assalto cometido no posto em Nova Lima tem filmagem clara identificando o rosto de quem cometeu o assalto e a placa do carro. 

No dia do crime, o policial estacionava no posto, no Jardim das Alterosas, quando percebeu o assalto e tentou impedir o crime. Álisson atirou três vezes, atingindo o cabo Edinaldo. 

A polícia investiga a participação de Álisson em outros quatro assaltos a postos. As ações teriam ocorrido duas vezes em um posto no bairro Miralândia, em Betim, em 5 e 16 de fevereiro; no dia seguinte, um assalto em Nova Lima.

R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!