Jovem é preso com motocicleta furtada depois de “furar” operação da Polícia Rodoviária




ITABIRA (MG) – O servente de pedreiro Adriano Soares Silva, 23 anos, foi preso por policiais rodoviários, após furar operação e cair da motocicleta, que estava com queixa de furto.
Por volta das 22h desta quinta-feira dia 28 de março, o sargento Cantarino e Soldado Aenderson da Polícia Rodoviária, estavam no km-20 da rodovia MG-129, realizando operação de fiscalização denominada “Operação Semana Santa”, quando deram ordem de parada a Adriano Silva, que pilotava a Honda Twister vermelha, placa GWU-9666. O motoqueiro não obedeceu à ordem do PM e tentou fugir em alta velocidade.
Os PMs seguiram o rapaz, mas menos de um quilometro a frente, o motoqueiro desequilibrou e caiu ao passar pelos redutores de velocidade no trevo de acesso ao bairro João XXIII. Os policiais verificaram que Adriano Silva não é habilitado e quando verificaram a placa da moto, descobriram que se tratava de produto de furto. 
Adriano Silva disse ao Fatosdeminas que comprou a motocicleta de um policial civil lotado em Belo Horizonte. O policial teria alegou que a moto estava com queixa furto colocada pelo antigo proprietário, mas segundo Adriano Silva, o mesmo policial a alguns dias mostrou a ele no sistema da Detran, que a queixa havia sido retirada, então o servente decidiu viajar de Belo Horizonte para Guanhães, com sua esposa Macreni dos Reis Silva, 20 anos.
O motoqueiro recebeu voz de prisão e sua esposa por não saber dos fatos, foi liberada. O rapaz foi levado à Delegacia de Polícia Civil de Itabira, onde foi ratificado o flagrante.
FATOSDEMINAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!