PM e PC de Itabira prende dois por trafico, apreende barras de maconha e quase 26mil reais


Itabira/MG - Em uma operação conjunta as Policiais Militar e Civil, fizeram a apreensão de cerca de 26mil reais em dinheiro de procedência duvidosa, barras de maconha, celular, veículos e equipamentos eletrônicos.
A operação aconteceu na manhã desta quinta-feira, 7 de março, e contou com cerca de 40 policiais e vinte viaturas das duas corporações.
O delegado Juliano Alencar relatou para reportagem que após a morte do adolescente Marcos Julio Ventura, de 15 anos, no dia 3 de março, no Bairro Pará, a Polícia Civil de Itabira, passou a receber diversas denuncias de possíveis pontos de venda de entorpecente naquela região que compete aos bairros Para, Vila Paciência e Moinho Velho, desta forma foram pedidos dez mandados de busca e apreensão.
Sendo as equipe distribuídas ao mesmo tempo nas ruas Três Irmãos, rua Braz Martins no Moinho Velho, ruas Ipoema, rua Nossa Senhora do Carmo, rua Minervino Bethônico, rua Dr. José de Grisolia, rua Martins da Costa, no bairro Para, Rua México e Rua Totonho Ramos, na Vila Paciência. Atrás da quadra do Para, acima de uma estação do SAAE foi descoberto uma cabana no meio do matagal onde era usado para picar a droga. Até no cemitério do Cruzeiro a Civil foi para tentar localizar drogas.
Em uma moradia na rua Totonho Ramos, da chegada da policia um dos moradores arremessou uma caixa de leite em um matagal na área da mineradora Vale, porem um dos militares percebeu e ao verificar constatou-se ser uma caixa de leite longa vida, mas que continha cerca de R$23mil reais. Diante aos fatos todo dinheiro foi apreendido.
Em outra residência, os militares apreenderam vários pacotinhos, que supostamente são usados para colocar droga. Na Rua Senhora do Carmo, os militares acompanhados do delegado regional Paulo Tavares Neto, apreenderam uma Narguilé, utilizada para uso de drogas. Em outras residências, foi encontrada uma réplica de uma arma 380 e uma bucha de maconha. Na casa do professor de educação física, Mário Lúcio Corrêia Alves, de 30 anos, na rua México, a polícia encontrou uma barra prensada de maconha, no qual o professor alegou ser para consumo próprio.
 
Ainda durante a operação os policiais receberam uma informação e foram averiguar, na rua 400, bairro Monsenhor Jose Lopes, numero 119, conseguiram fazer a prisão de Windson Silva Oliveira, 31 anos, vulgo “Grande”, e em seu veiculo estacionado na garagem da residência de numero 29, apreenderam duas barras de maconha, e um total de R$ 2.730,00, vários celular, um computador novo na caixa, todo material foi levado para a delegacia no Bairro Campestre. Ao final da operação a Policia conduziu quatro pessoas para a delegacia, sendo elas, Deyvison Nicolau Ramos Silva, 20 anos, Delteronimo Lucio de Souza, 24, Windson Silva Oliveira, vulgo “Grande”, 31, e o professor de educação física, Mário Lúcio Corrêia Alves, de 30. Somente este dois últimos foi ratificado a prisão sob a acusação de trafico de drogas, os outros dois foram ouvidos em cartório e liberados.



Atilalemos
noticiasuai



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!