Suspeitos são presos e um consegue fugir após atirar em policiais militares

Dois homens foram presos na noite dessa quarta-feira (20) em Lagoa Santa, na região metropolitana de Belo Horizonte após um suspeito atirar em policiais militares no bairro Lundiceia.

Segundo o sargento Procópio do 36º Batalhão da Polícia Militar, durante um patrulhamento de rotina, os militares se depararam com um veículo clonado. A placa do Ford Fiesta preto não correspondia ao registro original do chassi. Foi constatado que o carro havia sido roubado no final do ano passado.

Ao serem abordados, um dos ocupantes do veículo desceu e começou a fugir à pé. Ele foi perseguido pelos policiais e, no momento em que estes iriam deter o homem, ele se virou e passou a atirar na viatura. Desta forma, ele conseguiu fugir e não foi mais localizado. Ninguém ficou ferido.

Já os outros dois ocupantes do Fiesta, o motorista e um passageiro que estava no banco de trás, foram presos. Fábio Martins Gonçalves, 30, foi abordado no momento em que abria o portão de casa, e quando viu a polícia, correu para dentro e se trancou no imóvel. Em um lote vago na frente da residência, foram encontradas uma espingarda calibre 28 e uma réplica de arma longa. Após verificação nos registros, foi constatado que Fábio, que inicialmente tinha dado outro nome, era um foragido da Justiça e estava sendo procurado por tráfico de drogas. Ele ainda portava um documento de habilitação falsa.

Bernardo Gabriel Duarte Félix, 19, o passageiro, também foi preso. Os dois foram levados à delegacia.
O TEMPO
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!