Cantor Chorão. Eu já sabia!

São Paulo. Alexandre Magno Abrão, o Chorão do Charlie Brown Jr., morreu de overdose de cocaína, de acordo com o laudo necroscópico da Polícia Científica de São Paulo, divulgado ontem. As informações são da rádio CBN.

Segundo a CBN, o documento afirma que foram encontrados quase 4,8 miligramas do entorpecente por milímetro de sangue do cantor. Ele foi encontrado morto em seu apartamento, na zona Oeste da capital paulista, no último dia 6 de março. Alexandre tinha 42 anos.

No dia em que o corpo do cantor foi achado, o delegado do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa Itagiba Franco contou detalhes sobre seu estado e afirmou: o músico tinha um quadro psicótico de perseguição e cismava que o filmavam a todo o tempo.

Chorão foi vocalista e principal letrista da banda Charlie Brown Jr., que se formou em 1992 na cidade de Santos, litoral paulista. Ele foi o único integrante que participou de todas as formações da banda. Nascido em São Paulo, teve uma infância difícil e se mudou para a Baixada em 1987, já adolescente.
OTEMPO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!