Caso Rodrigo Neto - Policial militar e dois da Civil foram presos



Em continuidade ao cumprimento da ordem expressa do governador Antônio Anastasia, de que a Polícia Civil do Estado desmantele uma organização criminosa que, conforme rumores mencionados pelo governador, atua no Vale do Aço há pelo menos 20 anos, três policiais foram presos nessa quinta feira (25):  o policial militar Victor Emanuel Miranda de Andrade e os investigadores Jimmy Casseano e Ronaldo de Oliveira, os dois últimos lotados na Delegacia Adjunta de Repressão a Furtos e Roubos de Ipatinga.

Cabo Victor foi preso em Lavras, no Sul de Minas Gerais. Ele é apontado como autor de vários homicídios na região, dentre eles o da própria esposa, a atendente do Century Park Hotel, no bairro Ferroviários, Francislaine Simões de Oliveira Andrade, 24 anos, morta na recepção do hotel, no dia 11 de março de 2007.
O  próprio governador Anastasia, que visitou Ipatinga nesta quinta-feira, indagado sobre a possibilidade das apurações serem assumidas pela Polícia Federal, não descartou essa hipótese.
A assessoria confirmou no início da noite que Anastasia se reuniu com familiares dos jornalistas mortos durante sua visita a cidade. Após o encontro, o governador, em entrevista coletiva, disse estar acompanhando os casos diariamente. Informou ter lido o dossiê encaminhado pelo Comitê Rodrigo Neto e disse estar a par dos problemas ocorridos no Vale do Aço há mais de 20 anos.  De acordo com ele, “o problema é sério e tem que ser resolvido definitivamente”.
Antônio Anastasia reiterou que já determinou ao secretário de Estado de Defesa Social, Rômulo Ferraz, ao chefe da Polícia Civil, Cylton Brandão da Matta, e ao comandante geral da Polícia Militar, Márcio Sant’ana, todo o empenho para a apuração dos dois casos de maneira a ir na mais profunda raiz do problema e punir os responsáveis.
PLOX

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!