Delegado que teria atirado na cabeça de adolescente se entrega à polícia

O delegado Geraldo Amaral de Toledo, principal suspeito de ter atirado na cabeça de uma adolescente de 17 anos, em Ouro Preto, na região Central de Minas, se entregou na Corregedoria-Geral da Polícia Civil, na tarde desta segunda-feira (15). A jovem foi baleada na tarde de domingo (14). A jovem, que seria namorada do policial, está internada em estado gravíssimo no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em BH. O delegado Geraldo Toledo será conduzido ainda nesta segunda-feira à Casa da Policial Civil, unidade prisional da instituição, que fica no bairro Horto, na região Leste de BH. 
Segundo a Polícia Militar, uma garota foi levada por um homem a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em Ouro Preto, dizendo que a adolescente havia tentado se matar.
 
A versão ainda não foi confirmada pela polícia. Porém, minutos antes, uma pessoa teria acionado a PM denunciando que um casal estava brigando dentro de um carro conversivel, um Peugeot 206 preto, estacionado em uma estrada que liga Ouro Preto a Lavras Novas.
 
Conforme a PM, o veículo possui as mesmas características do carro que estava com o homem, que seria o delegado.
 
Como o estado de saúde da garota, identificada como A.L.S. se agravou, ela necessitou ser transferida para Belo Horizonte, onde está internada no Centro de Tratamento Intensivo (CTI), onde respira com ajuda de aparelhos.
 
Conforme a assessoria de imprensa da Polícia Civil, o delegado Geraldo de Toledo pode até ser demitido da polícia caso seja confirmado a sua autoria no crime. Foi revelado também que, no dia 19 de março deste ano, Geraldo Toledo foi indiciado pela Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente por agressão a essa mesma jovem.
HD
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!