Grupo armado de fuzil com mira a laser explode caixas eletrônicos e atira em sargento no Sul de Minas

Um grupo formado por pelo menos 15 homens protagonizou uma fuga cinematográfica e ainda baleou um sargento da Polícia Militar de Passa Quatro, no Sul de Minas, durante a madrugada desta quinta-feira (11). O fato ocorreu por volta de 4h e depois dos criminosos, que estavam fortemente armados com fuzil com mira a laser, terem explodido dois caixas eletrônicos de agências do Banco do Brasil e Itaú, localizadas no centro da cidade.
De acordo com a Polícia Militar, os bandidos fizeram uso de dinamite para detonar os terminais bancários, cujos cofres foram violados. O valor roubado ainda não foi calculado e o impacto da explosão destruiu boa parte das duas agências.
Segundo imagens gravadas pelas câmeras de segurança dos bancos, o grupo fugiu em três carros, sendo um deles Chevrolet Agile prata. Porém, a polícia suspeita que os criminosos estavam divididos em até seis veículos.
Durante a fuga, os militares chegaram a trocar tiros com os criminosos, mas, aparentemente, nenhum foi atingido. O sargento baleado foi socorrido por colegas de trabalho e encaminhado ao Hospital Municipal de São Lourenço, onde foi medicado e liberado.
A polícia ainda está à procura dos bandidos e, até o momento desta publicação, apenas um havia sido localizado e preso.
O TEMPO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!