Maníaco do Anchieta suspeito de estuprar 16 mulheres é solto em Belo Horizonte

Está solto, desde o dia 10 de abril, Pedro Meyer, conhecido como “Maníaco do Anchieta”. Segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), a defesa de Meyer entrou com o pedido de habeas corpus.
O pedido foi julgado no dia 9 de março e foi aceito pelo excesso de prazo, ou seja, o homem estava preso há mais tempo do que a lei permitia. Duas audências de Pedro não aconteceram porque o laudo sobre a sanidade mental do suspeito não ficou pronto. O TJMG não se pronunciou sobre o assunto.
Ele ficou detido na Penitenciária José Martinho Drumond, em Ribeirão das Neves, região metropolitana da capital.  
 
Entenda o caso
 
Preso desde março de 2012, o "maníaco do Anchieta" é acusado de estuprar 16 mulheres em Belo Horizonte e Contagem, na região metropolitana. Duas vítimas foram estupradas juntas, no bairro Nacional, em 2001, quando tinham 16 e 18 anos. Uma outra mulher teria sido abusada quando tinha 11 anos, em 1994, no bairro Cidade Nova.
 
Eugênio Fiuza ficou preso por engano por 17 anos. Ele, que havia sido condenado a 38 anos de detenção, foi confundido devido à semelhança física com o "maníaco". Fiuza foi libertado em setembro do ano passado. 
 
Atualizada às 19:39
» Notícias relacionadas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!