Motorista faz racha, causa acidente e diz ter usado drogas

Um motorista que causou um acidente na BR-101, na Grande Florianópolis, confessou durante a abordagem da Polícia Rodoviária Federal (PRF) ter consumido cocaína e álcool antes de dirigir. O vídeo foi feito pelos policiais, que disseram ter ficado surpresos com a declaração. A colisão e o flagrante  ocorreram neste domingo (21), enquanto dois motoristas faziam racha. Um dos carros pegou fogo. 
Conforme a PRF, os dois motoristas praticavam racha no sentido Sul Norte da BR-101, em Palhoça e colidiram na cabeceira de uma ponte. O veículo incendiou em cima da ponte. Os passageiros do carro estavam desacordados e foram socorridos por um policial militar que passava no local.
O outro motorista não se machucou e contou à polícia que tinha ingerido bebida alcoólica e consumido cocaína (veja vídeo ao lado). "Eu cheirei tudo que tinha para cheirar. Me dá mais 'antenação', eu enxergo melhor. Se eu cheirasse aquele outro isso não tinha acontecido, porque eu teria freado. Às vezes eu entro aqui a 200 km por hora", revelou o motorista.
Os dois motoristas foram multados e presos. "Eles praticaram o crime de dirigir sob o efeito de álcool e disputar racha. São multas de trânsito gravíssimas: vão pagar R$ 1,915 mil pela embriaguez, mais R$ 574 pelo racha", explicou o chefe de comunicação da Polícia Rodoviária Federal, Luiz Graziano.
Segundo a PRF, após a prisão, já na Delegacia, o motorista ainda estava sob o efeito do álcool e das drogas. Conforme mostram as imagens, ele se pendurou na grade, fez exercícios físicos e provocou os policiais. Os dois pagaram fiança de R$ 2,712 mil cada um e foram liberados
G1
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!