PM impede resgate de detentos que eram levados a hospital

Policiais militares da 211ª Companhia do 50º Batalhão impediram que uma quadrilha fugisse com dois detentos, resgatados na manhã desta segunda-feira, 29, no Norte do Estado. A ação começou às 9h quando agentes penitenciários transportavam os internos do presídio de Francisco Sá para o Hospital Municipal da cidade, onde seriam submetidos a tratamento.
Assim que chegou às proximidades do estabelecimento, o veículo dos agentes foi cercado por uma picape Hilux, ocupado por cinco homens, fortemente armados. Ao perceber que o bando pretendia libertar os internos, os agentes penitenciários reagiram e ouve troca de tiros, deixando moradores, médicos, pacientes, funcionários e pessoas que chegavam ao hospital aterrorizados.

Na confusão, quando dois agentes foram baleados, os criminosos conseguiram pegar dois detentos e fugir na caminhonete em direção a uma estrada vicinal que leva à cidade de Capitão Enéas.  Imediatamente, a Polícia Militar foi acionada e montou uma operação de cerco e bloqueio, que contou com apoio de uma aeronave Pégasus, da 3ª Companhia de Radiopatrulhamento Aéreo.
Durante as buscas, a tripulação do helicóptero avistou os marginais e passou as informações para o pessoal em terra, que seguiu para o local indicado. Assim que perceberam a aproximação das viaturas, os criminosos passaram a atirar contra os policiais militares. Houve reação à injusta reação e os dois detentos resgatados foram atingidos, morrendo algumas horas depois no Hospital Municipal.

As buscas para localizar e prender os cinco integrantes da quadrilha continuam por toda a região.  A Hilux foi encontrada entre as cidades de Capitão Enéas e Francisco Sá. 
SITE OFICIAL PMMG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!