Polícia Civil e Militar encontraram drogas, armas e dinamite na casa do menor assassinado a tiros no 9º homicidio em Itabira



ITABIRA (MG) – Policiais civis e

 militares apreenderam maconha, crack, balanças de precisão, dinamites e quatro armas na casa de Julio Cesar Alvarenga Lage, 17 anos, assassinado com cinco tiros na cabeça, na rua Urânio, bairro Major Lage de baixo.
A quantidade de pessoas ligadas ao tráfico de drogas na região do bairro Major Lage de Baixo, que foram ao local onde o adolescente foi assassinado, chamou a atenção dos policiais civis e militares, que também em busca de mais informações foram à casa do adolescente, onde fizeram uma busca com o consentimento da mãe de Julio Cesar.
Na casa, os policiais encontraram uma barra de maconha com cerca de 1kg, mais 16 buchas da mesma droga com cerca de 20 gramas cada; 227 pedras de crack prontas para a venda e uma pedra maior (150 gramas) da mesma droga; duas balanças de precisão, sendo uma menor e outra maior; duas espingarda do tipo polveira sendo uma menor e outra maior, além de uma espingarda do tipo cartucheira e um revólver calibre 32 com três cartuchos intactos; duas bananas de dinamites, já com o cordel detonante e um recipiente plástico, onde haviam duas espoletas para as dinamites.
Todo o material foi apreendido e levado à Delegacia de Polícia Civil de Itabira.
Participaram desta operação, o tenente Edson, sargentos Nascimento, Cesar e Elenildo, cabos Castro, Ronaldo e Souza, soldados Sather e Antônio. Da polícia civil estavam a nova delegada Larissa e os agentes Erico e Vilmar.

  FATOSDEMINAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!