Vale do Aço - Encontrada ossada com três perfurações no crânio


Após dois dias de buscas, os bombeiros recolheram os ossos, que foram levados para o IML de Ipatinga
FABRICIANO – Desde sexta (12) a Policia Militar de Coronel Fabriciano procurava uma ossada, vista por um catador de lenha, em uma área próxima a BR-381, entre os bairros Mangueiras e Amaro Lanari. A ossada, que possivelmente foi enterrada no local há mais de dois meses, foi encontrada no final da manhã deste sábado (13), com três perfurações no crânio e as mãos amarradas, características de execução.

Por volta das 13h de sexta, um homem, que catava lenha no local, avisou um crânio humano no meio do mato. Ele saiu correndo e avisou a Polícia de Coronel Fabriciano, que começou as buscas no local, que é de difícil acesso e extenso. Com a ajuda dos bombeiros de Ipatinga, a ossada foi encontrada neste sábado, em uma cratera.
De acordo com o perito Hebert de Mingo, a ossada apresentava três perfurações na cabeça, feitas por disparo de armas de fogo. Os bombeiros desenterraram o resto do corpo, que estava com as mãos amarradas.

O perito Hebert de Mingo, constatou que a ossada tinha três perfurações na cabeça, feitas por disparos de arma de fogo.

Os bombeiros de Ipatinga desenterraram o corpo, que estava com a mãos amarradas. A suspeita é que vítima foi levada ao local amarrada, executada com três tiros e enterrada em uma cova. Com as fortes chuvas que caíram na região nos últimos dias, a enxurrada desenterrou o crânio, que foi visto pelo catador de lenha. 
Junto ao corpo foi encontrada uma camisa de malha, de cor vermelha.

A polícia ainda não pôde informar sexo ou idade da ossada, que estava envolta em barro. O material foi levado para o IML de Ipatinga, onde será analisado.
JVA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!