Bebê de 1 ano é espancada até a morte e pais são presos pelo crime

Um casal foi detido suspeito de ter assassinado a filha de 1 ano, em Montes Claros, região Norte de Minas. Segundo a Polícia Militar (PM), o rapaz, de 19 anos, foi preso, enquanto a jovem, de 15, acabou apreendida. Os dois chegaram a dizer que a menina havia caído da cama, mas, depois de o laudo médico ter comprovado que a morte foi causada por ferimentos de espancamento, a adolescente revelou que a menina apanhou do pai com um chinelo. Os dois serão ouvidos na tarde desta segunda-feira (27), na Delegacia de Plantão da cidade.
Conforme a PM, militares faziam um patrulhamento de rotina, nesta madrugada, no Aglomerado Chiquinho Guimarães, quando os gritos desesperados de uma criança chamaram a atenção. Os policiais foram até a casa para saber o que estava acontecendo, e o casal mostrou a bebê muito machucada e disse que ela havia caído da cama.
Os militares encaminharam a criança para o Hospital Universitário, onde foi certificado que as marcas existentes no corpo da criança eram sinais de espancamento. Durante o atendimento, a mãe assumiu para a polícia que os ferimentos foram provocados pelo marido, que bateu muito na filha com um chinelo. A mãe não revelou o que motivou a agressão nem se a criança já havia sido espancada outras vezes.
A menina não resistiu aos ferimentos e morreu minutos depois de ter dado entrada na unidade de saúde. Mediante a constatação médica e a confissão da mãe, o casal foi preso imediatamente.
O corpo da bebê está no Instituto Médico Legal (IML) da cidade e ainda não foi liberado.
OTEMPO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!