Grave acidente entre carreta, ônibus da Turita e dois carros deixa um morto em Itabira












ITABIRA (MG) – Flávio Cesar de Oliveira Carvalho, 52 anos, teve morte instantânea, quando o carro que dirigia teve a frente esmagada por uma carreta. Um ônibus e outro carro também foram atingidos pela carreta.
O acidente ocorreu por volta das 5h30 desta quarta-feira dia 08 de maio, no km-09 da rodovia MG-434, próximo à localidade Bambas, área rural de Bom Jesus do Amparo.
Segundo informações, o motorista Leandro Ernesto Costa, 33 anos, seguia sentido Itabira com a carreta Mercedes-Benz branca, placa CRY-3546 de Sabará, quando deparou com um caminhão na contramão de direção em uma curva. Leandro Costa disse que foi para o acostamento da rodovia, com a intenção de não bater de frente, mas a carreta ficou sem controle devido ao degrau da pista e fez um “L”.
A Mercedes-Benz invadiu a contramão e bateu na lateral do ônibus da Turita, onde estava apenas o motorista que não se feriu. O ônibus está alugado para a empresa Barbosa Mello. O ônibus que seguia sentido BR-381, tombou e ficou atravessado na pista.
Em seguida a carreta esmagou a frente do Fiat Uno prata, placa HGL-8546 de Itabira, que seguia atrás do ônibus. O motorista Flávio Carvalho morreu preso às ferragens do carro. A filha de Flávio Carvalho também estava no Fiat Uno, ela foi retirada do local em estado de choque, segundo informações, sem lesões aparentes.
Atrás do Fiat Uno seguia o GM Corsa branco, placa HJL-2866, (taxi de Belo Horizonte), a carreta o atingiu e o taxi foi parar no matagal às margens da rodovia. O taxista José Carlos Batista, 44 anos, e a passageira itabirana, Valdete Lage Guimarães, 30 anos, tiveram dores pelo corpo.
Valdete Guimarães foi imobilizada pelos bombeiros e equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada ao pronto-socorro junto com o taxista na unidade do Samu. A filha de Flávio Carvalho também foi levada ao pronto-socorro em uma unidade do Samu.
O corpo de Flávio Carvalho foi retirado das ferragens pelos bombeiros de Itabira e levado ao necrotério do Cemitério da Paz, por uma funerária credenciada.
Assim que a perita da Polícia Civil Cristina Martins liberou o local, o resgate Drummond retirou os veículos da pista. A rodovia ficou interditada nos dois sentidos por mais de uma hora, o que causou um grande engarrafamento.
FABIANO PALAURO - FATOSDEMINAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!