Capital terá mudanças na mobilidade urbana e segurança pública

A Polícia Federal anunciou nessa terça-feira (11) as medidas preventivas de segurança que deverão ser tomadas em razão da Copa das Confederações. Foi disponibilizado para o evento esportivo o efetivo da Superintendência de Minas Gerais e as delegacias do interior do Estado: Divinópolis, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberaba, Uberlândia e Varginha. Além disso, haverá também o reforço de policiais federais lotados nas Superintendências dos Estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
As ações policiais durante o evento serão distribuídas em pelo menos 19 áreas técnicas, que atuarão tanto preventivamente (inteligência, controle migratório e antiterrorismo), como no campo repressivo (Grupo Tático e Operações Especiais).

Além disso, por causa do grande número de turistas estrangeiros que estão chegando ao Estado, haverá pesquisa na base de dados e consultas a todas as nações integrantes da Interpol, com o objetivo de impedir, principalmente, o ingresso de foragidos internacionais no país.


E nesta quarta-feira (12) o Corpo de Bombeiros recebeu do governo novos equipamentos para os trabalhos operacionais. A entrega ocorreu em uma solenidade na Cidade Administrativa, no bairro Serra Verde, em Venda Nova. Foram entregues 88 viaturas, sendo 57 delas unidades de resgate equipadas com desfibrilador, maca, prancha rígida e aparelho de oxigênio. Os outros equipamentos são para combate a incêndios e florestais, mergulho e salvamento terrestre, como capacetes e aparelhos de mergulho, conjuntos de combate a incêndio, dentre outros.

As cidades contempladas com os novos equipamentos, além de Belo Horizonte, são Contagem, na região metropolitana da capital, Juiz de Fora, na Zona da Mata, Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, Montes Claros, no Norte de Minas, Varginha, no Sul do Estado, Uberlândia e Uberaba, no Triângulo Mineiro.

Segundo o governo , os investimentos superam R$ 36,5 milhões, dos quais R$ 27 milhões são provenientes de recursos da Taxa de Incêndio.
O TEMPO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!