Familiares e amigos usam internet para pedir justiça após morte de jovem

Familiares e amigos de Amanda Linhares, de 17 anos, usaram a rede social para cobrar justiça e punição ao namorado da jovem, o delegado Geraldo Toledo. Ele é acusado de matá-la com um tiro na cabeça. Amanda morreu na noite dessa segunda-feira (3) no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII (HPS), em Belo Horizonte, após uma parada cardiorrespiratória.
 
A adolescente estava internada desde o mês de abril. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e, em seguida, será levado para Conselheiro Lafaiete, onde ela será sepultada.
Pelo Facebook, amigos e parentes chamaram Geraldo de monstro, assassino e covarde. Nos posts eles ainda cobraram justiça. "Se fosse minha filha este cara não ia viver um dia depois da sua morte,isto por que não há justiça neste país principalmente quando o assassino e um covarde q deveria ta protegendo a integridade fisica das pessoas,e o pior,uma mulher indefesa.!"
Amanda era namorada do delegado Geraldo Toledo, com quem mantinha com relacionamento conturbado. Durante o tempo em que Amanda esteve internada a Justiça determinou que a família e a adolescente recebessem escolta policial. Os parentes da jovem denunciaram à polícia que estavam sofrendo ameaça.
Geraldo Toledo está preso Casa de Custódia da Polícia Civil, no bairro Horto, na região Leste da capital.
O TEMPO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!