Mulher do spray presa por formação de quadrilha

A mulher cuja foto ficou famosa por ter spray de pimenta espirrado no rosto por um policial militar na noite da última segunda-feira (17), após a manifestação que reuniu cerca de 100 mil pessoas no centro do Rio de Janeiro, foi autuada em flagra
nte por formação de quadrilha. De acordo com a Polícia Civil, Liv Nicolsky Lagerblad de Oliveira, de idade não informada, pagou fiança de R$ 2.000 e vai responder ao crime em liberdade. Na 5ª DP, acompanhada de um advogado, ela optou por só falar em juízo.
No entanto, segundo relato do fotógrafoVictor Caivano, da agência Associated Press, que registrou a imagem, a jovem estava sozinha em uma esquina, por volta das 23h20, quando os confrontos já haviam sido controlados, e dois policiais se aproximaram pedindo que ela fosse embora. Como ela questionou a ordem, recebeu o spray de pimenta no rosto. "O policial não pensou duas vezes", contou o fotógrafo. A jovem foi detida pelos próprios PMs.
Uol
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!