Polícia Civil já sabe quem matou o jornalista Rodrigo Neto

A Polícia Civil de Minas Gerais já sabe quem é o responsável pela morte do jornalista Rodrigo Neto, de Ipatinga, no Vale do Aço. De acordo com nota da assessoria de imprensa, divulgada no fim da noite desta segunda-feira (17), a identidade do criminoso será declarada ao público nos próximos dias.  Ainda segundo a nota, para não atrapalhar as investigações finais, não serão divulgados mais detalhes e nem revelados nomes de possíveis envolvidos. A polícia ainda afirma que irá dar uma entrevista coletiva à imprensa, com todas as informações sobre o caso.
O CASO O jornalista Rodrigo Neto foi assassinado com dois tiros, disparados por homens em uma moto de cor escura, na avenida Selim José de Sales, uma das mais movimentadas da cidade, no dia 8 de março deste ano.
Em seu trabalho como radialista, Neto investigava a ligação entre homicídios e desaparecimentos ocorridos entre 1992 e 2013. Em todos os casos, havia suspeita de participação de policiais civis e militares. 
HD

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!