Após declaração polêmica, Ronaldo apoia protestos

O ex-craque Ronaldo, que na semana retrasada causou uma grande polêmica ao afirmar que não se fazia "Copa do Mundo com hospital", declarou nesta segunda-feira (1º) que apoia os protestos, assegurando que os manifestantes "não têm nada contra o futebol".
 
"Estas manifestações têm todo meu apoio porque o povo brasileiro está cansado da situação na qual nos encontramos. É maravilhoso assistir à revolta brasileira. Tem sido emocionante e já vimos resultados", afirmou maior artilheiro da história das Copas do Mundo em entrevista coletiva realizada no Rio de Janeiro.
 
"Assisti a todos os jogos do Brasil e fiquei emocionado com o apoio da torcida à seleção, apesar dos momentos difíceis que estamos vivendo", acrescentou, Ronaldo, que hoje é membro do Conselho de Administração do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2014 (COL).
 
"Fui para a rua, falei com o povo e me dei conta de que as pessoas não têm nada contra a Copa das Confederações ou a Copa do Mundo, mas reclamam da corrupção, dos desvios de dinheiro e da maneira com a qual o sistema de educação e saúde está sendo administrado", completou.
 
Há cerca de três semanas, milhares de pessoas protestaram todos os dias contra a má qualidade dos serviços públicos e os gastos bilionários de dinheiro público para as obras da Copa do Mundo de 2014.
HD

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!