Após matar jogador, árbitro é apedrejado, esquartejado e tem cabeça pendurada em estaca

Reprodução/internet
Otávio, o árbitro, deu facadas em jogador e depois foi esquartejado
Uma partida de futebol amador terminou em tragédia na cidade de Pio XII, no Maranhão, no último domingo, quando duas pessoas morreram. De acordo com a Polícia Militar, o jogador de um dos times, Josenir dos Santos Abreu, de 30 anos, se irritou por ter sido expulso e desferiu pontapés no árbitro Otávio Jordão da Silva, de 20 anos.

Inconformado com a agressão, Otávio teria retirado uma faca da cintura e desferiu facadas contra o peito de Josenir, que não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do hospital.

Moradores da região revoltados com o crime partiram para cima do árbitro. Otávio foi amarrado, agredido, apedrejado e depois esquartejado. A cabeça do juiz foi pendurada em uma estaca de uma cerca de arame farpado no povoado Centro do Meio.

Testemunhas disseram à polícia que a vingança partiu do irmão do jogador e também de populares. Um dos parentes de Josemir ainda teria dito que “se todos fizessem assim acabariam com a fama dos valentões”.

Em nota, o delegado regional de Santa Inês, Valter Costa, que cuida do caso, afirmou que usa de vídeos gravados por celulares de testemunhas para identificar os criminosos.

"Relatos de testemunhas já indicaram algumas pessoas que estavam no local na hora do fato. Vamos identificar e responsabilizar todos envolvidos. Um crime nunca vai justificar o outro. Ações como essa não colaboram com a legalidade de um estado de direito", disse o policial.

Algumas imagens forma disponibilizadas na internet, chocando usuários das redes sociais.
HD

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!