ASSISTENTE ADMINISTRATIVO PMMG - PM fala de concurso da corporação que terminou em confusão em MG

Polícia disse que edital previa chegada com antecedência de 45 minutos.
E falou que atraso dos candidatos não foi provocado pela organização.

A Polícia Militar (PM) se pronunciou, nesta segunda-feira (1º), sobre o concurso para a Juiz de Fora, na Região da Zona da Mata, em Minas Gerais, neste domingo (30). Em nota, a PM disse que a seleção para o cargo de assistente administrativo, realizada em todo o estado, seguiu as regras do edital, que previa a chegada com antecedência de 45 minutos.
corporação que terminou em tumulto em
Ainda de acordo com a PM, o atraso dos candidatos não foi provocado pela organização, por isso, não há previsão de uma nova prova ou de cancelamento do exame.
Cerca de 20% dos candidatos não conseguiram participar de acordo com os dados oficiais. Eles alegaram problemas no trânsito da cidade e na organização do evento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!