“Canhão Sônico” para conter manifestantes

Segundo tem sido divulgado pela imprensa cearense, a Guarda Municipal de Fortaleza e a Polícia Militar do Ceará estão equipadas com um “canhão sônico”, arma não letal que dispara ondas sonoras fortes o suficiente para desnortear aqueles que estejam sob o seu alvo. Segundo se diz, o equipamento é o que aparece na foto a seguir:
Canhão Sônico
Apesar das fotos, as corporações negam que possuem o equipamento, e que o tenham utilizado contra manifestantes nos atuais protestos:
Apesar de relatos sobre o uso da arma circularem nas redes sociais, tanto o comandante do Batalhão de Choque da Polícia Militar, major Alexandre Ávila, quanto a assessoria de imprensa da Guarda Municipal negam a informação:
A arma não letal, que estaria sendo utilizada pela Guarda Municipal, dispara ruído ensurdecedor que provoca desorientação, náuseas e dores pelo corpo. “Oficialmente, a Guarda Municipal de Fortaleza não dispõe de canhão de som nenhum. Nunca houve essa compra”, afirma a assessoria de imprensa da Guarda, que ainda diz que a notícia de aquisição do equipamento teria sido “plantada”. No entanto, O POVO apurou que a Guarda Municipal de Fortaleza tem um canhão sonoro que está em fase de testes. Não há fontes seguras de que o equipamento tenha sido usado na manifestação desta quinta, 27.
O major Alexandre Ávila, que acompanhou a ação, também nega o uso de equipamento de som contra manifestantes. “Eu não usei. Não sei de nada nesse sentido”. Na manhã desta quinta, assessoria de imprensa da Polícia Militar também disse desconhecer a aquisição do equipamento.
O canhão sônico, chamado Long Range Acoustic Device (Dispositivo Acústico de Longo Alcance), é apelidade de “Inferno” e ficou famoso ao ser utilizado em 2012 para reprimir manifestação ocorrida durante conferência do G20 nos Estados Unidos.
Para quem nunca viu este tipo de equipamento em uso, confiram sua aplicação na manifestação contra o G20, nos EUA:
Ora, com a foto sendo mostrada e a informação de que a GM ou a PM utilizou, sim, o equipamento, pergunta-se por que as corporações negam o fato. Talvez por causa do que alertou o Cathalá, no twitter: no Brasil, a utilização deste tipo de equipamento ainda não é regulamentada. Vamos conferir os próximos capítulos da utilização do “Canhão Sônico” no Brasil.
Abordagem policial

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!