CENA HORRÍVEL: PM é ferido com gravidade por coquetel molotov

Durante o confronto entre a polícia e manifestantes próximo ao Palácio Guanabara, sede do governo do Rio, um policial sofreu graves queimaduras e foi levado com urgência ao hospital da Polícia Militar. Nove pessoas foram detidas durante a manifestação, incluindo um menor de idade. Desses, apenas um deve ficar preso por porte de explosivo.
O agente foi atingido por coquetel molotov. Ele sofreu queimaduras na tórax. As informações constam na conta da PM numa rede social.
Outros policiais também tiveram queimaduras e foram encaminhados ao hospital da corporação, no Estácio, zona norte do Rio.
A PM não informou, porém, o total de agentes feridos.
DETIDOS
Segundo a PM, nove pessoas foram detidas, incluindo um menor, durante a manifestação nas imediações do Palácio Guanabara. Desses, apenas um deve ficar preso por porte de explosivo.
Dois dos detidos eram integrantes do grupo de mídia Ninja, que faz a cobertura dos protestos com vídeos e textos postados nas rede sociais. Os jovens foram liberados por volta das 22h. Manifestantes que ainda se encontram em frente à 9ª Delegacia de Polícia comemoraram quando ele foi solto.
FERIDOS
Ao menos um manifestante foi ferido na perna por disparo. Leonardo Caruso foi atendido no local pelo estudante de medicina Felipe Camisão, 24. Ele contou que um grupo estava correndo, quando, ao virar a esquina no largo do Machado (zona sul), o jovem foi alvejado na perna.
O estudante diz que se trata de uma bala de verdade, e não de uma de borracha. A reportagem procurou a Secretaria de Saúde do Estado, que não respondeu à reportagem até agora.
FONTE: FOLHA/ CB JÚLIO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!