Esposa de PM é presa suspeita de matar e atear fogo no marido em MG

Foi presa neste domingo (28) em Uberlândia, a mulher de um policial militar, suspeita de ter matado e ateado fogo no marido. Segundo o comandante da 9ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp), coronel Dilmar Crovato, nesta manhã a Polícia Militar foi avisada que na estrada Terra Branca havia um veículo incinerado e, ao chegar ao local, se deparou com um carro queimado. Dentro do porta-malas estava o corpo de um homem. “Imediatamente acionamos a Polícia Civil. 
Quando procuramos saber de quem era o carro, pois não havia queixa ou suspeita sobre o mesmo, para a nossa surpresa constatamos que era de um policial militar. Depois disso entrevistamos uma pessoa e, num contato rápido, encontramos a mulher da vítima, que acabou confessando a autoria e participação no crime. Diante disso, demos a voz de prisão em flagrante”, contou o coronel.
Giovane Esteves

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!