FISCAIS DA PREFEITURA INTERDITARAM DOIS POSTOS NO CENTRO DE ITABIRA

                                                    
ITABIRA (MG)- Na noite desta sexta-feira, 19 de julho, Fiscais de posturas da Secretária de Desenvolvimento Urbano da Prefeitura de Itabira, interditaram dois postos de combustíveis na Avenida Mauro Ribeiro Lage, no bairro Esplanada da Estação. Um o primeiro foi o Posto Pires, inaugurado recentemente. O outro pertence à rede JT, na entrada dos túneis perto do aglomerado São Bento.A primeira posta os fiscais alegaram que o problema era com a metragem de um passeio. Ricardo Pires, representante do posto Pires, disse que tinha um acordo informal, realizada através de uma reunião onde ele teve as presenças dos vereadores Bernardo Mucida e Rodrigo Diguerê. Eles conversaram com o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Daniel Alves de Lima, que confirmou que a ação so aconteceria na segunda-feira, dando tempo para que os proprietários pudessem fazer as adequações necessárias.
Mesmo em posse das documentações e principalmente do Alvará espedido pela própria prefeitura, mesmo assim os fiscais lacraram as bombas interditando o posto.O vereador Bernardo Mucida disse aos repórteres que a ação arbitrária que pode prejudicar a empresa, que tem alvará de funcionamento. Ele também disse não entender como podia a prefeitura concede o Alvará de funcionamento se havia algum problema anterior. Ele disse ainda que o posto tem direito de funcionar e que em seu entendimento, o que aconteceu foi abuso de poder.
“Se os fiscais cassaram o alvará, então teriam que abrir um processo administrativo e fazer uma discussão ampla, com oportunidade de defesa”, argumentou, em defesa dos empresários.
O fiscal Carlos Alexandre afirmou a reportagem que anteriormente já haviam notificado o estabelecimento, estiveram também neste comprimento a Fiscal Vera Lúcia Duarte, Willian James Assis Ferreira e Claudinir Bellini da Silva, sob o comando de Jader Túlio Magalhães. Depois do Posto Pires, eles se deslocaram para o posto da rede JT, na mesma avenida, onde repetiram o procedimento. O dono do posto estava no local e atendeu às exigências tranquilamente. O caso é bem parecido: problemas com o passeio e parte da construção em área do município.
asnoticiasonline

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!