Funcionária do Samu denuncia que atendentes ignoram chamados para "brincar" na internet


Uma funcionária do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) de Belo Horizonte fez uma série de denúncias graves contra o trabalho da unidade. Ela afirma que há omissão de socorro e negligência no atendimento e que tanto atendentes quanto médicos “mentem”.
— Eles falam que não tem unidade disponível no momento e colocam na tela de atendimento para aguardar.
A funcionária diz que não sabe explicar por que os colegas fazem isso.
— A única coisa que eu sei explicar é a indignação de ver tanta gente morrer sendo que poderiam ser socorridos.
A mulher trabalha no Samu há mais de dez anos e resolveu contar sobre as omissões após a morte de um senhor de 84 anos. Ela teria acompanhado o atendimento e considera que houve negligência no dia do chamado.
BLOG DO ESTEVES

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!