Homem é perseguido e morto dentro de casa em Cel Fabriciano



FABRICIANO – O ajudante de pedreiro Valter Vasconcelos Lopes, 35 anos, foi executado dentro de sua própria casa, na rua Marte, no bairro Manoel Maia, na noite de quinta-feira (18). Valter estava sentado no sofá da sala quando um homem até então desconhecido pela polícia apareceu na janela e efetuou vários tiros para dentro da casa.


Valter Vasconcelos Lopes
O pedreiro foi alvejado inicialmente com três tiros. Mesmo ferido, ele conseguiu correr para o quarto. No entanto, o assassino o perseguiu e terminou de executar Valter quando ele estava caído na cama. O homem levou tiros nas costas, pescoço e olho. Segundo a polícia, a vítima não possuía passagens pela polícia.
Testemunhas relataram que Valter - que morava com o pai de criação e um amigo - teria feito comentários sobre alguns traficantes que atuam naquela localidade e que poderia ter sido morto segundo a “lei do silêncio”, que impera no mundo da criminalidade punindo quem delata os criminosos. O pai e o amigo de Valter estavam dormindo no momento do crime e disseram à polícia que não chegaram a ver quem efetuou os tiros.
 
JVA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!