Viatura capota após perseguição em BH e PMs correm risco de ficar paraplégico e de perder um braço

Quatro policiais militares ficaram feridos, dois deles gravemente, após o carro em que estavam capotar durante uma perseguição, durante a madrugada desta quarta-feira (31), na Via do Minério, na região Oeste da capital. Um dos militares corre o risco de ficar paraplégico e um outro pode perder um dos braços.
De acordo com informações repassadas pelo 41º Batalhão de Polícia Militar (PM), a viatura Blazer perseguia dois homens em uma moto, em atitude suspeita, mas o motorista perdeu o controle da direção em uma curva na divisa entre os bairros das Indústrias e Betânia e capotou. As vítimas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital de Pronto-Socorro (HPS) João XXIII.
Os cabos Cleber Alves dos Santos, 35, e Edgar Silva Coelho, 31, tiveram escoriações pelo corpo e já receberam alta. O soldado Fernando Damasceno Gabriel, 28, teve um dos braços esmagado e corre risco de perder o membro. Já o soldado César Antônio Ferreira dos Santos Junior, 31, sofreu um trauma na coluna e pode ficar paraplégico.
A assessoria do HPS ainda não informou qual é o estado de saúde atual dos dois policiais internados.
Detidos
Hudson Caetano de Aquino, 20, e Witter Douglas de Souza Neves, 22, que eram perseguidos foram detidos por outros militares e encaminhados para a Delegacia do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG) por direção perigosa. A motocicleta foi apreendida. Segundo a PM, a região é alvo frequente de assalto realizado por motociclistas.
 O TEMPO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!