Cadete baleado durante treinamento em batalhão morre em Belo Horizonte

Um cadete do Curso de Formação de Oficiais (CFO) foi baleado e morreu nesta sexta-feira (2), durante um treinamento de tiro dentro do 5º Batalhão de Polícia Militar, no bairro Gameleira, na região Oeste da capital. 
Segundo o assessor de imprensa da Polícia Militar, major Gilmar Luciano, o cadete José Camargos de Sales Filho, de 32 anos, foi atingido por um disparo quando o cenário do treinamento era desmontado e o equipamento era limpo. Segundo ele, o treino foi finalizado às 17h e, pouco depois, os outros alunos do curso ouviram um disparo e perceberam que o cadete tinha sido atingido por um tiro no abdômen.  A polícia ainda não sabe se o tiro foi disparado pela arma dele ou não. 
Em nota, a Polícia Militar (PM) disse que o cadete foi socorrido e levado para o hospital de Pronto-Socorro João XXIII, mas não resistiu ao ferimento e morreu. Ainda de acordo com a PM, foi aberto um Inquérito Policial Militar para apurar as circunstâncias dos fatos, que deve ser concluído no prazo de 40 dias.  
José Camargos Sales Filho era casado, tinha um filho de 8 anos e, antes de entrar para o curso de formação, atuava como bombeiro militar. O cadete estava no terceiro ano do CFO e iria se formar em novembro deste ano.  
De acordo com o major Gilmar, Camargos era um aluno dedicado e não faltava às aulas. "Tudo indica que foi um acidente, mas ainda é cedo para afirmar qualquer coisa", disse. Ainda segundo o major, acidentes como este já aconteceram na história da PM, mas nunca com morte.
O TEMPO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!