Ex-mulher e amigo de cabo estrangulado e queimado em Uberlândia são indiciados

A ex-mulher e amigo do cabo da Polícia Militar que foi estrangulado e ainda teve o corpo queimado pelo casal em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, foram indiciados por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver. O inquérito sobre o assassinato já foi encerrado e será encaminhado à Justiça ainda nesta quinta-feira (8).
 
De acordo com o delegado responsável pelas investigações do caso, Helder Paulo Carneiro, a ex-soldado Kellen Cristina do Carmo Alves, de 34 anos, e Evani Felix Santana, de 45 anos, permanecem presos na cadeia da cidade e um pedido de habeas corpus a favor da detida foi negado pela Justiça.
 
O caso foi encerrado após ser feita a reconstituição do crime nessa quarta-feira (7). A ex-esposa da vítima, Silas Bonifácio da Silva, também de 45 anos, se recusou a participar do procedimento, que foi feito apenas com a ajuda do comparsa dela.
 
Durante o procedimento, Evani confirmou o depoimento que já havia prestado ao delegado e ainda fez questão de contar detalhes de como o policial foi morto, além de afirmar várias vezes que se arrependeu do que fez. O indiciado ainda confirmou para Helder Paulo que a mulher dopou Silas com remédio para dormir antes dele ser assassinado e queimado. "Ele relatou que, assim que chegou na casa de Kellen, como já havia sido combinado entre eles, encontrou o cabo deitado no sofá e inconsciente. Em seguida, ele afirmou ter estrangulado a vítima com um fio de telefone e ainda contato com a ajuda de Kellen para sufocar o policial com um travesseiro. Na sequência, o casal colocou o corpo dentro do carro do cabo, que Kellen dirigiu até um posto de combustível, sendo seguido por Evani em outro carro. Perto do estabelecimento, ele desceu e comprou o galão de gasolina usado para atear fogo no cadáver e carro da vítima, enquanto Kellen o esperou na esquina e com o corpo do ex-marido escondido no porta-malas", disse.
HD

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!