Menor leva tiro e avó de autor é presa por agredí-lo com porrete

Um menor de apenas 13 anos foi alvejado com um dos quatro tiros efetuados em sua direção; e a avó do menor infrator, autor dos tiros, acabou presa por repreendê-lo usando um porrete e uma mangueira.
Policiais Militares compareceram à rua “D” no bairro São Bernardo, em Santa Bárbara, onde a vítima, um menor de 13 anos, relatou que se encontrava no bairro Cleves de Faria, quando ao passar pela rua foi abordado pelos adolescentes com idades entre 15 e 16 anos que portavam um revólver calibre 32 e uma garrucha calibre 22, onde efetuaram quatro disparos em sua direção. O menor foi atingido de raspão na região do pescoço, causando uma lesão leve.
Os militares, cabo Ventura e soldado Oliveira, compareceram ao local e de imediato socorreram a vitima até o hospital, local onde foi atendida pela médica doutora Tallita.
Após realizar o socorro a vitima, os militares partiram para um rastreamento baseando-se nas características dos autores envolvidos. Os militares obtiveram êxito em localizar os infratores nas suas respectivas residências, assim fazendo a apreensão dos mesmos.
No momento da apreensão do menor de 16 anos, ele acabou confessando que atirou na
vitima de 13 anos porque ficou sabendo que ele estaria falando na rua que iria matá-lo.
Ainda em conversa com os menores, eles apontaram onde haviam enterrado a garrucha calibre 22. A arma foi apreendida.
Já a segunda arma, aquele cujo projétil atingiu a vitima, os menores infratores relataram que foi entregue a um terceiro menor de 16 anos, que não foi localizado.
No momento da localização de um dos menores infratores, o de 15 anos, ao chegar em casa de parentes, ele acabou sendo repreendido pela avó de 48 anos; porém a mulher utilizou de um pedaço de pau e uma mangueira para corrigi-lo, vindo a lesionar o rosto, braços, peito, barriga, costas e pernas do jovem. Diante dos fatos os militares deram voz de prisão a avó por lesão corporal. A mulher foi conduzida juntamente com o neto para o hospital e depois para a Delegacia de Policia Civil, para as demais providências.
ATILA LEMOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!