Pai e madrasta são presos suspeitos de estuprar e espancar criança


Um homem e a mulher foram presos suspeitos de estuprar e agredir uma menina de seis anos em Aparecida de Goiânia, em Goiás, no sábado (10). O homem é pai da criança e levou a garota ao hospital dizendo que ela tinha sofrido um acidente. Os médicos constataram o estupro e chamaram a polícia.
A vítima tinha marcas em todo o corpo e contou aos conselheiros tutelares que ingeria bebida alcoólica dada pelo pai, que a queimavam com cigarro e que a madrasta chegava a introduzir cabo de vassoura nas partes íntimas.
Os médicos produziram um laudo informando que as marcas correspondem a abusos praticados há muito tempo. Os suspeitos negaram o crime, mas foram presos e indiciados por estupro e maus tratos.
R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!