Polícia descobre desvio de 1 milhão de litros de gasolina de batalhão no Rio

MARCO ANTÔNIO MARTINS DO RIO

Investigação da Polícia Militar descobriu que, em menos de um ano, sete policiais militares desviaram 1,3 milhão de litros de gasolina de um batalhão na zona norte da cidade.
O batalhão, com sede em Olaria, zona norte, é responsável pelo policiamento dos bairros em torno dos complexos do Alemão e da Penha.
Dos sete PMs envolvidos, um subtenente e um cabo deverão responder a Conselho de Disciplina e podem ser expulsos da corporação. De acordo com a investigação, os dois eram os responsáveis diretos pelo desvio do combustível.
A PM ainda decidirá a punição aos outros cinco policiais: quatro majores e um tenente.
Os sete policiais foram afastados de suas funções e estão lotados no setor burocrático da corporação.
A Folha apurou junto a fiscais da ANP (Agência Nacional de Petróleo) que esse desvio pode ter gerado um lucro de R$ 2,6 milhões para o grupo de policiais.
Dois servidores da ANP, que pediram anonimato, dizem que essa gasolina é vendida no mercado negro do Rio a R$ 2. O preço do combustível no Estado fica em torno de R$ 2,80.
O 16º BPM é um dos 12 batalhões da cidade do Rio que possui postos de abastecimento para os carros da PM.
As investigações começaram quando a major Flávia Xavier assumiu a Direção de Logística, responsável pelo controle de combustível da Polícia Militar do Rio.
Analisando guias de abastecimento e notas fiscais, ela percebeu que havia "discrepâncias entre a quantidade de combustível solicitada pelo 16º BPM e a quantidade efetivamente consumida".
A Polícia Militar não revelou quanto de gasolina é utilizado regularmente pelo batalhão de Olaria.

O tanque de armazenamento do 16º BPM tem capacidade para estocar 15 mil litros de combustível. Mas, de acordo com documentos apreendidos, havia dias em que o batalhão recebia mais combustível do que tinha capacidade para armazenar, de acordo com a documentação. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!