Após condenação de Ex-PM Renato Mozer a 59 anos de prisão, Frederico Flores também será julgado

Frederico Costa Flores de Carvalho, acusado de chefiar o “Bando da Degola”será julgado nesta quinta-feira (12).
A sessão está marcada para começar às 8h30, será realizada no salão do 2º Tribunal do Júri do Fórum Lafayette e presidida pelo juiz Glauco Eduardo Soares Fernandes.
O promotor Francisco de Assis Santiago irá repre...
sentar o Ministério Público e o réu contará com a defesa do advogado Ércio Quaresma Firpe.
Frederico Flores é acusado de homicídio qualificado, sequestro e cárcere privado, extorsão, ocultação de cadáver e formação de quadrilha.
Atualmente, o réu está preso na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na região metropolitana da capital mineira.
Entenda o caso
O “Bando da Degola” foi responsável pela morte brutal de dois empresários em um apartamento no bairro Sion, na região centro-sul de Belo Horizonte, em abril de 2010. Fabiano Ferreira Moura, de 36 anos, e Rayder Santos Rodrigues, 39, foram sequestrados, tiveram as contas bancárias violadas pelo grupo, além de serem torturados e mortos com requintes de crueldade.
Condenações
O policial militar Renato Mozer já foi condenado a 59 anos de prisão por envolvimento no “Bando da Degola” em dezembro de 2011, assim como o estudante Arlindo Soares Lobo, em julho deste ano, a 30 anos. Os dois foram condenados por homicídio qualificado, extorsão, destruição e ocultação de cadáver e formação de quadrilha.
r7