Homem morre após invadir batalhão em Belo Horizonte, diz PM

Segundo polícia, rapaz invadiu local e tentou tomar fuzil de sentinela.
Vítima morreu depois de dar entrada em hospital.


Um homem de 21 anos morreu neste domingo (8) após invadir o batalhão da Rotam (Polícia Militar) no Centro de Belo Horizonte. De acordo com o coronel Sacramento, comandante do batalhão, depois de pular a cerca do local, o homem tentou tomar um fuzil do sentinela, que reagiu. 
Ainda de acordo com o coronel, os dois entraram em “luta corporal” e acabaram se ferindo. Um outro policial ajudou a conter o homem, de acordo com Sacramento.
Após a briga, o rapaz se machucou e foi levado para o Hospital João XXIII. Depois de dar entrada na unidade, o homem morreu.
A polícia informou que ele aparentava estar drogado, e que teve uma parada cardíaca. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal.
G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!