Nomeação de 866 servidores fortalece PC

DA REDAÇÃO - A nomeação de mais 466 servidores administrativos da Polícia Civil, publicada no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais, na última terça-feira (03), amplia o quadro de funcionários nos órgãos policiais e delegacias, fortalecendo a atividade finalística da instituição, que é a investigação. Com essa segunda etapa da convocação, sobe para 866 o número de novos servidores administrativos incorporados à Polícia Civil, já que na última sexta-feira (30), haviam sido nomeados os primeiros 400. Ao todo, o concurso público abriu 1.281 vagas para cargos administrativos. Os demais serão nomeados ao longo deste semestre.

Os novos funcionários passarão por um rápido treinamento na Academia da Polícia Civil (Acadepol), visando conhecer a estrutura da instituição, sendo imediatamente designados para seus postos de trabalho. "A chegada desses novos servidores é emblemática, porque estamos ampliando o nosso corpo de funcionários no mesmo momento em que focamos na modernização administrativa, para tornar ainda mais eficiente o nosso serviço, que é oferecer uma segurança pública de qualidade para a população", destaca o chefe da Polícia Civil, Cylton Brandão. 

Além do concurso que selecionou os 1.281 servidores administrativos, outros dois certames visam preencher também 121 vagas para médicos legistas e 95 para perito criminal. Para essas carreiras, os candidatos precisam passar também pelo curso de formação na Acadepol. A previsão é a de que eles ingressem na academia até o final do ano e sejam nomeados para trabalhar ainda no primeiro semestre de 2014.
JVA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!