Operação Divisas Seguras prende 37 pessoas em Minas Gerais

Trinta e sete pessoas foram presas durante a Operação Divisas Seguras, realizada em todo o Estado. O balanço divulgado nesta sexta-feira (27) pela Secretaria de Estado de Defesa Social informou ainda que foram apreendidos 32 canários da terra, duas redes de pesca, 83 munições, três armas de fogo, além de 136 pedras de crack, três tabletes de maconha, 11 buchas da mesma droga e 300 gramas de cocaína. Também foram encontradas uma motossera e uma arma branca.
De acordo com a Seds, a operação conta com a participação das polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, Receita Estadual, Receita Federal, Ministério Público, Polícia Rodoviária Federal e os Estados de São Paulo e Goiás. Foram apreendidos 154 veículos.
O objetivo da ação é fazer um cerco à entrada de veículos roubados, armas, explosivos, drogas e outros materiais ilícitos no Estado. Esta é a 6ª operação do tipo organizada em Minas, que abordou 109 municípios. No total, 133 pontos estratégicos de rodovias estaduais e federais e 18 Regiões Integradas de
Segurança Pública (Risps) tiveram a fiscalização intensificada.
Início
 
Desde quando começou, em março deste ano, a Operação Divisas Seguras já abordou 40 mil pessoas e prendeu mais de 200. Cerca de 30 mil veículos foram fiscalizados e, desses, quase 400 ficaram retidos. Entre as apreensões realizadas, estão 855 kg de maconha, 300 kg de explosivos e 3.200 metros de cordel detonante, além de 860 estacas de eucalipto e, aproximadamente, R$ 100 mil em espécie.
R7