POLICIAIS MILITARES DE MINAS VÍTIMAS DA VIOLÊNCIA


Um policial militar levou a pior ao tentar impedir um assalto a
 joalheria no Barreiro de Baixo, em Belo Horizonte. O soldado, lotado no
 41º Batalhão, levou um tiro na cabeça de um dos bandidos. Seis disparos foram 
feitos contra uma viatura. 
 Os reféns só foram libertados às 10h da manhã do outro dia, em um local 
próximo à lagoa Várzea das Flores. Os criminosos conseguiram fugir
Um policial militar levou a pior ao tentar impedir um assalto a joalheria no Barreiro de Baixo, em Belo Horizonte. O soldado, lotado no 41º Batalhão, levou um tiro na cabeça de um dos bandidos. Seis disparos foram feitos contra uma viatura. Os reféns só foram libertados às 10h da manhã do outro dia, em um local próximo à lagoa Várzea das Flores. Os criminosos conseguiram fugir.

Quatro policiais militares ficaram feridos após sofrerem um grave acidente de trânsito durante perseguição a uma motocicleta roubada no bairro Betânia, na região oeste de Belo Horizonte. O grave acidente ocorreu depois que o quarteto desconfiou de dois suspeitos e ordenou que parassem o veículo. No entanto, a dupla não respeitou a ordem e fugiu em alta velocidade. Os quatro policiais ficaram presos às ferragens e foram socorridos por equipes do Corpo de Bombeiros. Uma das vítimas, um soldado, teve o braço esmagado
Quatro policiais militares ficaram feridos após sofrerem um
grave acidente de trânsito durante perseguição a uma motocicleta roubada no bairro Betânia, na região oeste de Belo Horizonte. O grave acidente ocorreu depois que o quarteto desconfiou de dois suspeitos e ordenou que parassem o veículo. No entanto, a dupla não respeitou a ordem e fugiu em alta velocidade. Os quatro policiais ficaram presos às ferragens e foram socorridos por equipes do Corpo de Bombeiros. Uma das vítimas, um soldado, teve o braço esmagado.

Uma operação contra o tráfico de drogas em Contagem, na região metropolitana
 de Belo Horizonte, fez o cabo da PM Wanderci Carvalho, de 43 anos, perder um dos rins. Na hora em que ele foi ferido, o 
oficial participava de uma ação da PM em um matagal em busca de 
integrantes de uma gangue da região denominada de 'Gangue do Pasto'. Os 
suspeitos são investigados por crimes de homicídio e comando do tráfico 
de drogas na área. Ninguém ainda foi preso
Uma operação contra o tráfico de drogas em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, fez o cabo da PM Wanderci Carvalho, de 43 anos, perder um dos rins. Na hora em que ele foi ferido, o oficial participava de uma ação da PM em um matagal em busca de integrantes de uma gangue da região denominada de "Gangue do Pasto". Os suspeitos são investigados por crimes de homicídio e comando do tráfico de drogas na área. Ninguém ainda foi preso.

Uma briga entre duas garotas causou tumulto e sobrou até para policiais 
militares em uma escola de Montes Claros, no norte de Minas. Uma jovem 
teria visto o namorado com outra menina no colo e as duas se 
desentenderam por causa de ciúmes. O pai de uma das menores chegou ao 
local e tentou segurar a filha, que se soltou e deu um soco em um dos 
militares que foram chamados para controlar a confusão
Uma briga entre duas garotas causou tumulto e sobrou até para policiais militares em uma escola de Montes Claros, no norte de Minas. Uma jovem teria visto o namorado com outra menina no colo e as duas se desentenderam por causa de ciúmes. O pai de uma das menores chegou ao local e tentou segurar a filha, que se soltou e deu um soco em um dos militares que foram chamados para controlar a confusão.

O roubo de um táxi terminou com três homens detidos e dois policiais 
feridos no bairro Ipiranga, na região nordeste de Belo Horizonte. O trio
 e mais um comparsa abordaram o taxista no momento em que ele chegava em
 casa. Em poucos minutos, o quarteto mostrou um revólver para a vítima, 
anunciou o assalto e fugiu levando o carro, celular e carteira do 
motorista. Porém, o roubo foi rapidamente comunicado à polícia, que 
localizou o táxi e os suspeitos na movimentada avenida Cristiano 
Machado. Ao notar a presença da polícia, os assaltantes fugiram em alta 
velocidade e atiraram contra os militares, que revidaram. Com a troca de
 tiros e perseguição um policial se feriu e outro quebrou o braço
O roubo de um táxi terminou com três homens detidos e dois policiais feridos no bairro Ipiranga, na região nordeste de Belo Horizonte. O trio e mais um comparsa abordaram o taxista no momento em que ele chegava em casa. Em poucos minutos, o quarteto mostrou um revólver para a vítima, anunciou o assalto e fugiu levando o carro, celular e carteira do motorista. Porém, o roubo foi rapidamente comunicado à polícia, que localizou o táxi e os suspeitos na movimentada avenida Cristiano Machado. Ao notar a presença da polícia, os assaltantes fugiram em alta velocidade e atiraram contra os militares, que revidaram. Com a troca de tiros e perseguição um policial se feriu e outro quebrou o braço.

 Um foragido de Justiça foi recapturado após atirar contra policiais 
durante patrulhamento de rotina no Vila Beija-Flor, em Contagem, na 
região metropolitana de Belo Horizonte. Fernando Alves Júnior, de 22 
anos, foi abordado na porta de um bar, mas sacou uma pistola 9 mm e 
atirou contra os militares, que revidaram. Com a troca de tiros, o 
foragido foi atingido no pé e um dos policiais ferido pelos estilhaços. 
Mas, mesmo ferido, o criminoso ainda invadiu uma casa da vila e se 
escondeu embaixo de uma cama, onde foi presoUm foragido de Justiça foi recapturado após atirar contra policiais durante patrulhamento de rotina no Vila Beija-Flor, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. Fernando Alves Júnior, de 22 anos, foi abordado na porta de um bar, mas sacou uma pistola 9 mm e atirou contra os militares, que revidaram. Com a troca de tiros, o foragido foi atingido no pé e um dos policiais ferido pelos estilhaços. Mas, mesmo ferido, o criminoso ainda invadiu uma casa da vila e se escondeu embaixo de uma cama, onde foi preso.
FONTE: R7