Policial civil é preso dirigindo embriagado e desrespeita delegada em BH

Um escrivão da Polícia Civil foi preso na madrugada deste sábado (14) dirigindo embriagado em Belo Horizonte. Gabriel Alves Augusto, de 27 anos, foi parado em uma blitz da Lei Seca no bairro Coração Eucarístico, região noroeste da capital.
Na primeira abordagem, o escrivão disse que não havia bebido, mesmo apresentando sinais de embriaguez. Segundo a delegada Rosângela Thuller, o escrivão foi submetido ao teste do bafômetro, que confirmou a suspeita.
— Acabou acusando de fato a presença de álcool no sangue.
Alves também não apresentou a carteira de motorista aos policiais. Depois de soprar o bafômetro, ele foi levado para o Detran. Ao chegar, insultou os policiais que estavam de plantão e a delegada.
— Ironizando, como se os policiais não soubessem trabalhar.
Por ter desrespeitado a delegada, os policiais que estavam trabalhado e pelo jeito agressivo a fiança foi multiplicada de um salário mínimo para R$ 5.000.
Escrivão desde 2006, Alves teve a carteira de habilitação apreendida e pode ficar até um ano sem dirigir. Ele foi conduzido para a Casa do Policial Civil.
R7