Traficante bate em árvore e morre esmagado por 500kg de maconha que transportava

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) ainda não identificou o corpo do traficante que morreu prensado por meia tonelada de maconha na tarde nesse sábado (14) no município de Bataguassu, estado do Mato Grosso do Sul. O suspeito, que transportava a droga em um veículo com placa de São Paulo, bateu contra uma árvore após ser perseguido por fugir do cerco policial da BR-267.  
Segundo os patrulheiros, o condutor saiu em disparada sentido ao distrito de Casa Verde e adentrou em uma estrada do Assentamento Santa Clara, já no município de Bataguassu, altura do km 102. Durante a perseguição, ele perdeu o controle do carro, saiu atropelando cercas e colidiu a poucos metros de uma igreja do local. Com a violência do impacto, a droga que estava sendo transportada se desprendeu e avançou sobre o banco do motorista, matando-o na hora.
 
O boletim da PRF informou que a droga transportada era trazida do Paraguai e seria levada para a região Sudeste. O corpo do homem ainda passa por perícia do Instituto de Medicina e Odontologia Legal de Três Lagoas. O veículo e as centenas de tabletes de entorpecentes, de pesagem inicial estimada em mais de 500 kg, foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil.
O TEMPO