Comandante Geral da PM do Rio chora e desabafa: "Direitos Humanos não é para polícia