Megaoperação é realizada em “cracolândia” de zona boêmia da Grande BH

Uma megaoperação é realizada em “cracolândia” de zona boêmia em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, na manhã desta quarta-feira (30).  A ação tem como principal objetivo desocupar quarteirão da rua Eugênio Gomes Prado, no bairro Riviera.
De acordo com o capitão José Sérgio Felício, da 187 ª Companhia do 33º Batalhã
o da Polícia Militar, a megaoperação foi montada com a intenção de revitalizar essa área do município, que se tornou palco de diversos crimes devido à prática de prostituição e venda de entorpecentes.
— Devido à prostituição, o quarteirão se tornou uma verdadeira cracolândia e palco de muitos crimes, em especial os homicídios. Só este ano, seis pessoas já foram mortas nessa região, que necessita de uma intervenção social

Até o momento desta publicação, duas pessoas já haviam sido presas com drogas e outra por exploração sexual.

Segundo Felício, as prostitutas abordadas são encaminhadas para atendimento psicológico em hospitais da Prefeitura de Betim. Já aquelas que quiserem voltar para o seu Estado de origem irão receber passagens gratuitas. Os dependentes químicos encontrados durante a ação estão sendo levados para clínicas de reabilitação.

— A intenção é oferecer ajuda para os que necessitam e punir aqueles que praticam crimes diversos nessa área de Betim. Além disso, temos autorização judicial para derrubar alguns imóveis que foram construídos em áreas proibidas
A megaoperação também conta com o trabalho de integrantes da Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal e órgãos de assistência social da Prefeitura de Betim.
O previsto é que a ação seja concluída e o balanço divulgado na tarde desta quarta.
R7