Professora morre em troca de tiros entre policial e assaltantes

Uma troca de tiros entre um policial militar à paisana e dois assaltantes terminou na morte de uma professora em um bar do bairro Abadia, em Uberaba, no Triângulo Mineiro, no final da noite dessa terça-feira (1º).
A educadora, Natálya Dayrell de Carvalho, de 38 anos, foi baleada no momento em que tentava fugir da confusão na companhia de um biólogo, de 25. Por sorte, o homem, que não teve o nome divulgado, não foi atingido pelos disparos.
De acordo com a Polícia Militar, a
troca de tiros começou depois que os dois criminosos entraram no bar armados, anunciaram o assalto e recolheram vários pertences dos clientes. Em seguida, a dupla fugiu correndo e a vítima e o biólogo se esconderam atrás de um Gol estacionado perto do estabelecimento. Porém, os criminosos correram exatamente na direção do veículo e ainda foi perseguida pelo militar, de 27 anos. O policial deu ordem de parada para os bandidos, mas eles atiraram contra o policial, que revidaram. Assustados, a professora e o biólogo saíram correndo e ela acabou sendo baleada.
A vítima foi atingida na região do ombro e chegou a ser socorrida e encaminhada ao HC-UFTM  (Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro). No entanto, ela não resistiu ao ferimento e morreu na unidade de saúde. A bala transfixou para o coração da professora.
Os criminosos ainda não foram identificados ou presos e o caso será investigado pela Polícia Civil. Um homem armado foi detido perto do bar assaltando durante a madrugada desta quarta-feira (2), mas ele não foi reconhecido pelas testemunhas.
A arma do policial foi recolhida e ele ficará à disposição de Justiça Militar.
R7