Homem vai preso após matar cachorro da vizinha baleado e morder dedo de policial

Um homem de 56 anos foi preso após matar o cachorro de uma vizinha e ainda morder o dedo de um policial no momento do flagrante na zona rural de Conceição das Alagoas, no Triângulo Mineiro. O crime aconteceu na última segunda-feira (11).
Segundo informações da Polícia Militar, o homem, identificado como Israel, atirou contra um dos animais depois de se irritar com os latidos. A dona da propriedade rural onde o cão morava relatou que o suspeito caminhava pelo seu terreno e, por isso, os cachorros reagiram. No entanto, o sobrinho da mulher já estava retirando os bichos quando Israel sacou um revólver calibre 38 e disparou contra um dos cachorros, que não resistiu ao ferimento e morreu no local.

Diante da revolta das pessoas que estavam no local, o homem tentou fugir por um matagal. No caminho, ele ainda escondeu a arma usada no crime, segundo relato de testemunhos. Pouco depois, o suspeito foi abordado pelos militares, mas se recusou a interromper a fuga e foi necessária força física para conter Israel. Durante a luta, ele mordeu o dedo de um soldado, que teve que ser atendido na unidade pronto-atendimento da região.
O homem foi levado para a delegacia de Uberaba, acompanhado de sua advogada. Ele negou todos os fatos. A guarnição conseguiu encontrar o revólver usado por ele, que tinha seis munições, sendo uma delas deflagrada.
R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!